Home Publicidade Contato  
Home
    Cultivo da Batata  
 
 
Cultivo
Botânica
Escolha
Batata-Semente
Épocas
Áreas
Plantio
Controle
Dessecação
 
 
 

Carlos A Lopes 


Clique para Ampliar

A batata (Solanum tuberosum L.), também conhecida como batatinha ou batata-inglesa, é nativa da América do Sul, da Cordilheira dos Andes, onde foi consumida por populações nativas em tempos que remontam a mais de 8.000 anos. Foi introduzida na Europa por volta de 1570 provavelmente através de colonizares espanhóis, tornando-se importante alimento principalmente na Inglaterra, daí o nome batata-inglesa. Por volta de 1620, foi levada Europa para a América do Norte, onde tornou-se alimento popular. Atualmente, a batata ocupa o 4º lugar entre os alimentos mais consumidos do mundo, sendo superada apenas pelo trigo, arroz e milho.

No Brasil, o cultivo mais intenso da batata, juntamente com outras hortaliças, iniciou-se na década de 1920, no cinturão verde de São Paulo. Hoje, a batata é considerada a principal hortaliça no país, tanto em área cultivada como em preferência alimentar. A área plantada anualmente está em torno de 170.000 ha, com produção superior a 2.500.000 t/ha. As Regiões Sul e Sudeste (PR, SC, RS, MG e SP) são as principais produtoras, contribuindo com aproximadamente 98% da área plantada com batata no Brasil. Estado como Paraíba, Bahia, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Sergipe e o Distrito Federal produzem batata em microclimas específicos ou durante épocas do ano  com temperaturas e/ ou pluviosidade baixas.

Graças a um melhor domínio das técnicas de cultivo, especialmente com uso de batata - semente de melhor qualidade e com irrigação, a produtividade nacional aumentou quase 40% do início da década de 1970 até o final da década de 80, o que levou a um aumento da produção total da ordem de 15%, mesmo com uma redução da área plantada.

Veja na Tabela 1 o valor alimentício estimado da batata a partir de 100g de tubérculos com casca, preparados de diferentes maneiras.

Apesar da crença popular de que a batata só contém carboidratos, seus tubérculos contêm proteínas de alta qualidade, além de considerável quantidade de vitaminas e sais minerais. O teor de proteínas é duas vezes superior ao da mandioca; 100g de batata cozida conseguem suprir até 13% da quantidade diária de proteína recomendada para crianças e até 7% para adultos. Além disso, a batata possui um balanço adequado de proteína e energia: quem consome batata suficiente para seu suprimento de energia recebe também uma quantidade significativa de proteína. Com isso, a batata necessita menor complementarão protéica que outras raízes e tubérculos e muitos cereais. Adicionalmente, a batata é boa fonte de vitamina C e de algumas vitaminas do complexo B, especialmente niacina, tiamina e vitamina B6. Entre os alimentos energéticos, a batata é o mais rico em niacina. A batata ainda é razoável fonte de ferro, boa fonte de fósforo e magnésio e ótima fonte de potássio. Seu baixo conteúdo de sódio a credencia para dietas que exigem baixo teor de sal.
.

   
Home Fale Conosco Quem Somos Anuncie Aqui Cadastre-se
     
2002 © Dinâmica Internet Ltda. Todos os direitos reservados